minhas frutas prediletas

minhas frutas prediletas
natal 2010

quinta-feira, 26 de maio de 2016

             APRENDENDO A BÍBLIA EM HEBRAICO

           MARIA GERALDA       Shalom de Jerusalém,

Anjos são uma parte essencial da Bíblia. Os anjos são mensageiros, servindo como intermediários entre Deus e seu povo. Provavelmente pensamos que os anjos são muito comuns na Bíblia e que pelo menos uma dúzia deles é mencionada. Mas na verdade, a Bíblia Hebraica só cita o nome de dois anjos. Você sabe quais são?

ANJOS CITADOS NA BÍBLIA
Surpreendentemente, a Bíblia Hebraica só cita o nome de dois anjos. Os anjos Michael e Gabriel. Esses nomes têm significados interessantes em Hebraico. Michael (מיכאל) significa "Que é como Deus" e Gabriel (גבריאל) significa "Deus é a minha força". O livro que menciona esses anjos é o Livro de Daniel (דניאל) que significa "Deus é meu juiz". O que esses nomes, assim como centenas de nomes bíblicos, têm em comum? 

NOMES HEBRAICOS E DEUS
Todos esses nomes terminam com "El". O nome El é um dos títulos mais importantes de Deus (אל) em Hebraico. Esse é exatamente o mesmo nome que Jesus usa para chamar o seu santo pai antes de abandonar seu espírito na cruz: "E perto da hora nona exclamou Jesus em alta voz, dizendo: "Eli, Eli, lamá sabachtâni"; isto é, "Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste?" (Mateus 27:46).

ENTENDENDO A PALAVRA DA BÍBLIA
Essas palavras inesquecíveis - Eli Eli lamá sabachtâni - são tão significantes que até a nossa moderna tradução da Bíblia deixa esse trecho original sem tradução. Quando você sabe ler a Bíblia em Hebraico, pode fazer conexões que seriam impossíveis apenas com a tradução. Chegou a hora de voltar à fonte. Matricule-se no curso de Hebraico Bíblico online da eTeacher e descubra novos significados todos os dias.

terça-feira, 10 de novembro de 2015

sábado, 22 de fevereiro de 2014

Barista - Profissões : Brasil Profissões

Barista - Profissões : Brasil Profissões

 QUE É?

Barista é o profissional tecnicamente especializado em cafés e seus derivados. Esse profissional é responsável por preparar e servir cafés, sejam expressos, comuns ou especiais, além de desenvolver bebidas à base de café, com licores, cremes, bebidas alcoólicas, etc. O barista deve ter profundo conhecimento sobre a história do café, as características do grão, os processos de plantio, colheita, torra e moagem, além de conhecimento de detalhes da extração da bebida.

QUAIS AS CARACTERÍSTICAS NECESSÁRIAS?

responsabilidade
sensibilidade
dinamismo
metodologia
flexibilidade
auto-confiança
facilidade de lidar com as pessoas
gosto pela culinária

QUAL A FORMAÇÃO NECESSÁRIA?

Para ser um barista é necessário que o profissional tenha realizado um curso de formação ou capacitação de baristas, que é oferecido por algumas instituições de ensino e por profissionais do ramo. O curso tem grade curricular ampla e visa formar um barista completo. Algumas matérias que fazem parte da grade curricular do curso são: a história do café; regiões produtoras de café no mundo; cafés especiais; processo produtivo; torra, moagem e empacotamento; equipamentos; expressos; vaporização do leite; entre outras.

PRINCIPAIS ATIVIDADES

estudar os diferentes tipos de café e sua história
escolher o tipo de café que trabalhará em cada ocasião
em alguns casos, acompanhar, inclusive o plantio, a torra e a moagem dos grãos
desenvolver receitas próprias, ou aprimorar as já existentes, de drinks e bebidas com base no café
preparar e servir o café, sempre em busca da xícara perfeita

ÁREAS DE ATUAÇÃO E ESPECIALIDADES

O barista trabalha em locais onde o café é servido, geralmente em cafeterias, casas de cafés, restaurantes, bares, hotéis, etc. A função desse profissional é produzir e servir a bebida, ou derivados dela, aos seus clientes, buscando sempre a satisfação do cliente. O barista também pode trabalhar diretamente com a produção e processamento dos grãos, embora seja menos comum, buscando aplicar seus conhecimentos, em parceria com profissionais de outras áreas e assim, aprimorar a produção.

MERCADO DE TRABALHO

A profissão de barista ainda não é tão difundida no Brasil quanto no exterior, onde é mais divulgada e reconhecida. Entretanto, já temos muito profissionais brasileiros que encontraram reconhecimento e conseguiram premiações em concursos nacionais e internacionais, além do terem conseguido o respeito dos consumidores e apreciadores do bom café. A profissão tende a crescer, uma vez que o café é uma bebida apreciada e muito consumida mundialmente.

CURIOSIDADES

História do café A história documentada do café teve início no século XIV. Porém, há lendas e suposições sobre a utilização do café muito mais antigas. É o caso da lenda de Kaffa, uma província no sudoeste da Etiópia. Esta lenda conta que por volta do século III d.C., certo pastor de cabras percebeu que os animais estavam mais despertos e agitados que de costume. O pastor pediu a ajuda de monges de um mosteiro vizinho para saber o que estava acontecendo. Os monges, então, descobriram um arbusto, de cujas bagas os animais se alimentavam. Pensaram que eram "frutos do demônio" e os jogaram na fogueira. O cheiro agradável chamou a atenção dos monges que passaram a ferver os frutos na água e a beber a poção, a qual fazia com que ficassem por mais tempo acordados para suas orações. Ainda há dúvidas se o nome "café" é originário da Kaffa, local de origem da planta, ou da palavra árabe qahwa, que significa vinho.
Curiosidades sobre o café:
O primeiro café público na Inglaterra surgiu em 1650. Desde então, as casas de cafés eram freqüentadas assiduamente por homens profissionais como médicos, físicos, artistas, matemáticos, filósofos, conservadores e revolucionários... Em 1674, as mulheres de Londres publicaram um documento contra o café, alegando que os homens preferiam ficar se divertindo nas cafeterias a ficar em casa cumprindo seus deveres.
Em 1475, foi promulgada uma lei árabe permitindo à mulher pedir o divórcio, se o marido fosse incapaz de lhe prover uma quantidade diária da bebida.
A Floresta da Tijuca, bem como o complexo formado pelo Morro da Urca e do Pão de Açúcar, já abrigaram extensos cafezais durante o século XIX. Um militar, comandando um pequeno grupo de escravos, foi incumbido de repovoar com espécies nativas toda a região, seguindo a orientação de Dom Pedro II. Este temia que o desmatamento acarretasse o desabastecimento de água potável para o Rio de Janeiro.
O historiador Afonso de Taunay é o autor da maior obra sobre um único tema: História do Café no Brasil - com 15 volumes e 6.650 páginas.
Alberto Santos Dumont era filho de um grande cafeicultor da região de Ribeirão Preto, estado de São Paulo. Dizem que Santos Dumont descobriu sua vocação para mecânica enquanto brincava de montar e desmontar a máquina de beneficiamento de café.
Com a "Crise de 29", milhões de sacas de café estocadas foram queimadas e milhões de pés de café foram erradicados no Brasil, na tentativa de estancar a queda contínua de preços provocada pelos excedentes de produção.
O Brasil é o maior produtor e o segundo maior consumidor de café do mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos.
Os primeiros expressos em Portugal foram vendidos no café A Brasileira, em Lisboa. Muitos clientes acharam o gosto do produto um tanto amargo. Para contornar o problema, a direção da cafeteria criou um slogan para atrair os clientes: Beba Isso Com Açúcar. A campanha deu certo e a frase ficou tão marcada que o uso das iniciais de cada palavra - bica - passou a ser sinônimo de cafezinho no país.
O café coado é o mais consumido no Brasil (93%), seguido do instantâneo (15%), do cappuccino (11%) e do expresso (8%).
Em 24 de maio é comemorado o Dia do Café.
A designação "espresso" com 's' é a usualmente correta, pois significa café retirado sob pressão, diferente do "expresso" com 'x', que significa rapidez no preparo. O nome "espresso" surgiu na Itália, onde o processo foi popularizado em 1946, quando o seu inventor, Achille Gaggia, começou a vender máquinas de café sob pressão. Fonte: Café Damasco

ONDE ACHAR MAIS INFORMAÇÕES?

ABIC - Associação Brasileira da Industria de Café
CafemaQ
Café Damasco
 
 
GIF Genericas Novas 120x600
 
 
 
 

PARCEIROS

ENQUETE

Você já pensou em mudar de profissão?

SimNão
 

sábado, 16 de março de 2013

ARROZ SETE GRÃOS ,PETCHEF


                                                                       
Ingredientes:
Arroz Sete Grãos Ráris (arroz integral, arroz selvagem, aveia integral, trigo integral, centeio, cevada e triticale);
1/2 cebola;
Pesto de azeitona;
01 taças de vinho branco seco
02 L de caldo quente água e caldo de frango.
Queijo parmesão ralado;
Sal e especiarias a gosto;
Manteiga
Preparação:
Aqueça o caldo em uma panela separada e deixe-o ferver.

Doure a cebola na manteiga e acrescente o arroz. Frite um pouco e some o vinho branco até que esse evapore.

Vá acrescentanto o caldo aos poucos, uma concha de cada vez, sem que essa cubra todo o arroz, e mexa até evaporar por completo. Faça isso até que o caldo acabe, ou vá provando o arroz para ver o ponto.

Quando estiver quase no ponto, acrescente o pesto de azeitona (1 colher das de sobremesa rasa). Mexa e então adicione o queijo ralado, mexendo bem já com o fogo apagado.tempere a gosto com sal e especiarias.

Rendimento: 2 porções.
   

ARROZ COM MOELAS, DO PETCHEF ,MUITO GOSTOSO


200 gr de moelas
1 cebola
1 colher de chá de flocos de piri piri (opcional)
4 colheres de sopa de polpa de tomate
200 ml de cerveja
1/2 xicara  de arroz
azeite
sal
salsa
Preparação:
Lave bem as moelas e retire as gorduras. Parta-as em pedaços mais pequenos.
Refogue a cebola bem picada num fio de azeite juntamente com o piri piri.

Quando a cebola estiver bem dourada acrescente as moelas. Deixe as moelas refogar um pouco e acrescente o tomate, o sal e a polpa de tomate. Deixe cozinhar uns 3 minutos com atenção para não queimar.

Acrescente a cerveja e tape o tacho para cozinharem. Deixe cozinhar até as moelas ficarem tenras. Se começar a ficar muito seco vá acrescentando água.

Quando as moelas estiverem bem cozinhadas acrescente água suficiente para cozinhar o arroz e deixe levantar fervura, junte o arroz e deixe cozinhar até o arroz estar cozido.
Sirva polvilhado com salsa picada.

quinta-feira, 14 de março de 2013

ESSE É UM DOS MEUS ANUNCIOS

A cozinha Mgdelicias de São Paulo, localizada na zona sul, é especialista em comida caseira. A sua empresa Mg Delícias atua há 30 anos e é especializada em entrega na hora certa. A sua entrega é rápida e garante a qualidade dos serviços prestados. Trivial fino de alto padrão (almoço, jantar e pratos congelados sob encomenda). MgDelicias Refeições caseiras, faz.Ligue, prove e aprove,tenho prazer em te atender.
     
      Empresa
RefeiçõesMgDelicias caseiras
NomeMaria Geralda Ramos
BairroBrooklim
CidadeSão Paulo
EstadoS.p
PaísBrasil

Vaca atolada

VACA ATOLADA
Ingredientes:


  • 2 kg de costela de boi bem carnudas     
  • 2 kg de aipim descascado
  • 500 g de cebola em cubos
  • 500 g de tomate sem sementes em cubos
  • 200 g de pimentão em cubos
  • 20 g páprica doce
  • 20 g de alho picado
  • 1 maço de cheiro verde picado
  • Coentro picado (a gosto)
  • 100 g manteiga temperada (receita está no site)
  • Sal
  • 3 folhas de louro


Modo de Preparo:


1. Cozinhar o aipim, amassar levemente e reservar
2. Ferventar a costela para tirar o excesso de gordura junto com as folhas de louro
3. Retirar as crostas que irão ficar por cima da água (não ferventar por muito tempo)
4. Refogar a manteiga temperada a cebola, o tomate, o pimentão e o alho
5. Juntar a páprica doce e a costela (por último)
6. Cobrir com água e sal (não colocar muito sal)
7. Cozinhar na panela de pressão por cerca de 30 minutos até a carne da costela desgrudar do osso
8. Adicionar o aipim e ferver até estar um creme grosso
9. Temperar com pimenta-do-reino, coentro, cheiro verde e corrigir o sal
10. Servir quente

Salmão grelhado do futurama

SALMÃO AO CHAMPIGNON
Ingredientes:


  • 2 postas de salmão
  • sal a gosto
  • 3 dentes de alho picados e amassados
  • pimenta do reino a gosto
  • suco de 1 limão

  • Molho:
  • 1 colher de manteiga
  • 1 vidro pequeno de cogumelos em fatias
  • 1 xícara de creme de leite
  • sal e pimenta do reino branca a gosto


Modo de Preparo:


1. Tempere as postas de salmão com alho, sal, limão e pimenta
2. Deixe marinar por meia hora
3. Grelhe as postas de salmão até dourarem
4. Para o molho,derreta a manteiga, refogue os cogumelos
5. Acrescente o creme de leite e deixe engrossar
6. Tempere e colque sobre o salmão grelhado

Bolo gelado para festas

Bolos e mousses individuais para festa ,empresas ,cantinas e lanchonetes!Bolo individual para seu evento, festa de aniversario, chá de bebe… Etc.
Sirva seu bolo bem geladinho como todos gostam.
Muito prático, não precisa ficar cortando o bolo, e todos que vão à festa comem, mesmo quem vai embora antes dos parabéns.
Faço com o recheio desejado.

VÁRIOS SABORES ESCOLHAM O SEU: MORANGO, PRESTIGIO, BRIGADEIRO, BEIJINHO, MARACUJÁ, LIMÃO, CHOCOLATE TRUFADO, SENSAÇÃO. ACEITAMOS ENCOMENDAS, EXPERIMENTE E SURPREENDA-SE, COM NOSSO SABOR!
pedidos com pelos menos uma semana de antecedência pedidos a retira !
Trabalho também com bolos por kilo a R$ 20,00 decorados com tema escolhido papel de arroz a parte!

Cafe da manha para construçao civil



A partir deste mês, os 78 mil trabalhadores da construção civil do Distrito Federal receberão o café da manhã reforçado: café com leite e, ao invés de um,
dois pães de 50 gramas com manteiga, o que totaliza a produção de aproximadamente 156 mil pães por dia. A medida foi negociada durante a Convenção Coletiva 2011/2013, entre o Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon) e o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e Mobiliário de Brasília (STICMB). De acordo com o presidente do Sinduscon, Elson Póvoa, as empresas são obrigadas a ofe- Café da manhã reforçado para trabalhadores da construção civil recer o café da manhã. “Aquelas que possuem um efetivo igual ou menor que 50 funcionários, poderão optar por dar o café da manhã ou ressarcir os empregados com R$ 1,65 diariamente. Já as empresas que têm mais de 50 trabalhadores devem servir o café da manhã. Caso a medida seja descumprida, as reclamações poderão ser levadas ao Sinduscon ou para o sindicato dos trabalhadores”, explicou. “Há cerca de 20 anos, os trabalhadores da construção civil já tinham direito a receber um pão com manteiga acompanhado de café com leite, mas, só agora conseguimos reforçar essa alimentação”, ressalta o vice-presidente do (STICMB), Raimundo Salvador da Costa Braz. A nutricionista da Central de Produção de Alimentos do Sesi-DF, Ângela Fiorese, avaliou como positivo o acréscimo de mais um pão. “É uma conquista importante porque ajuda a agregar mais energia e dar mais sustento durante a manhã. O pão é uma fonte carboidratos, que é transformado rapidamente em energia”, avalia. Ângela alerta, no entanto, a necessidade da ingestão de frutas e verduras na alimentação diária para o equilíbrio dos nutrientes.

domingo, 3 de março de 2013


Bolo de Rolo
Ingredientes:
1 xícara (chá) de margarina
3 xícaras (chá) de açúcar refinado
5 gemas
3 xícaras (chá) de farinha de trigo
5 claras em neve;
5 colheres (sopa) de açúcar cristal
Recheio:
500g de goiabada cortada em pedaços
2 xícaras (chá) de água
Preparo:
Recheio:
Leve ao fogo a goiabada e a água mexendo sem parar com uma colher de pau. Quando a mistura estiver cremosa, desligue e reserve.
Massa:
Bata a margarina em uma batedeira até que ela perca sua cor amarelada. Junte o açúcar aos poucos, sem parar de bater. Adicione as gemas, uma a uma. Desligue a batedeira e acrescente aos poucos a farinha, batendo levemente até criar uma massa homogênea. Junte as claras em neve, misturando levemente. Unte uma assadeira grande e espalhe a massa sobre ela, usando uma espátula para que fique bem uniforme e bem fina. Leve ao forno pré-aquecido a 180º C por cinco minutos, sem deixar a massa dourar. Desenforme a massa sobre um pano seco. Polvilhe o açúcar e espalhe o creme de goiaba. Com a ajuda do pano, enrole delicadamente como se fosse um rocambole. Repita a operação, enrolando outra fornada de massa em volta do primeiro rocambole e assim sucessivamente, até obter o tamanho de rocambole desejado. Deixe esfriar e sirva em fatias bem finas.


Pão de Alho
± 10 pães
Ingredientes:
1 e 1/2 xícaras de água morna
2 e 1/4 colheres (chá) de fermento seco para pão
4 e 1/4 xícaras de farinha de trigo
2 colheres (sopa) de manteiga sem sal, derretida
2 colheres (sopa) de açúcar
1 colher (sopa) de sal
Cobertura de alho:
56g de manteiga sem sal
1 colher (chá) de alho em pó
1 colher (chá) de sal
Preparo:
Numa tigela, dissolva o açúcar e o fermento na água morna e deixe reagir coberto por 10 minutos. Na tigela da batedeira com o batedor de massas (ou à mão mesmo) misture a farinha com o sal e acrescente a água com o fermento e a manteiga derretida. Bata (ou misture com uma colher ou mãos) até que tudo esteja completamente misturado. Sove um pouco a massa, por alguns minutos até que massa esteja lisa, macia e elástica. Unte uma forma, ou forre com papel manteiga. Pegue pedaços pequenos de massa e role em formato de tiras e espalhe na forma. Cubra com filme plástico (unte-o com óleo para que não grude na massa) e por cima do plástico coloque um pano de prato. Coloque num lugar morno para crescer. Quando os pãezinhos tiverem dobrado de tamanho, pré-aqueça o forno à 200°C. Quando atingir a temperatura, retire o plástico dos pães e coloque no forno. Enquanto eles assam, faça a cobertura de alho.
Derreta a manteiga no microondas e então adicione o alho em pó e o sal, e misture bem. Depois de 6-7 minutos, pincele o topo dos pães com metade da mistura de manteiga. Então continue a assar por mais 6-7 minutos. Imediatamente quando retirar os pães do forno, pincele-os com a outra metade da mistura de manteiga. Deixe-os esfriar por um minuto ou dois e saboreie.


Peitos de Frango Recheados com Mozzarella
Ingredientes:
1 xícara de queijo Mozzarella ralado, dividido ao meio
62g de cream cheese ou requeijão
1/4 xícara de pimentão, cortado bem pequeno
1/2 colher (chá) de orégano
1/4 colher (chá) de sal com alho (misturei um pouco de sal com alho em pó, se vc não tiver alho em pó, acrescente um dente de alho amassado)
4 peitos de frango pequenos, desossados
1 xícara de molho de tomate (caseiro, pomarola, ou outro de sua preferência)
Preparo:
Pré aqueça o forno a 200°C. Misture 1/2 xícara de queijo mozzarella ralado, com o cream cheese, pimentão, orégano e sal e reserve.
Coloque um peito de frango num saco de congelamento e com um martelinho, bata e amasse-o até ele ficar fininho, repita o processo com os outros peitos. Espalhe 1/4 de recheio sobre cada peito e enrole-os. Prenda as pontas com palitos de dente para o recheio não escapar. Coloque os peitos numa forma untada com óleo e cubra cada peito de frango com molho de tomate. Cubra a forma com papel alumínio e leve para assar por 30 minutos ou até que o frango esteja cozido. Retire o papel alumínio, cubra os peitos de frango com a 1/2 xícara de mozzarella restante e leve para assar até que o queijo derreta, cerca de 3 a 5 minutos (se seu forno possuir, coloque na função de gratinar).


ROLINHOS DE CANELA
Ingredientes:
Massa:
200g de farinha de trigo para pães (ou farinha convencional)(1 + 3/4 xícara)
16g de açúcar (1 e 1/2 colher de sopa)
3g de sal (1/2 e 1/8 colher de chá)
30g de margarina (1/8 xícara)
90g de leite (1/2 xícara)
32g de ovo (1 pequeno)
4g de fermento seco para pão (1 colher de chá)
20g de água morna (1/8 xícara)
Recheio:
25g de açúcar mascavo (1/8 xícara)
4g de canela em pó (1/2 colher sopa + 1/2 colher chá)
uma pitada de noz moscada
margarina amolecida para espalhar na massa (cerca de 1 colher de sopa)
Deixe misturado o açúcar com a canela e a noz moscada.
Cobertura:
35g de margarina (1/8 xícara + 1 colher chá)
15g de cream cheese (1 colher de sopa)
20g de açúcar (1/8 xícara)
algumas gotas de essência de baunilha
Misture tudo e deixe reservado.
Preparo:
Coloque a farinha numa tigela, junte o açúcar, o sal, a margarina e o ovo batido com o leite. Dissolva o fermento na água morna e coloque na tigela também. Misture com colher de pau até absorver toda a farinha. Jogue a massa na mesa e vá sovando e batendo a massa na mesa até ficar uma massa lisa e homogênea. No começo não estranhe se ficar tudo grudado na mesa e nas mãos. Não coloque mais farinha do que o pedido. Conforme vai sovando, a água vai se evaporando e a massa começa a desgrudar das mãos. Faça uma bola com a massa e feche bem as pontas. Coloque a massa na tigela novamente e cubra com filme plástico e deixe fermentar em lugar abafado por cerca de uma hora ou até que dobre de volume.
Depois de fermentada, coloque a massa na mesa enfarinhada e amasse gentilmente formando uma tira comprida. Use o rolo de massa para esticar até o tamanho de 9x40cm. Espalhe margarina amolecida na superfície da massa, deixando 5cm sem untar no final da massa. Espalhe o recheio em cima da margarina.
Enrole a massa gentilmente, sem puxar ou forçar a massa(você pode enrolar tanto do lado menor quando do maior, nesta ultima vez eu enrolei do lado maior para eu ter mais rolinhos). No final, aperte a massa. Corte o rocambole ao meio e coloque os rolinhos com a parte que cortou para cima numa forma untada com margarina (21x11cm). Deixe os rolinhos bem no canto da forma e com a parte que fechou voltada para a parede da forma. Cubra com filme plástico e deixe fermentar até dobrar de volume novamente.
Pincele a superfície com ovo batido e leve para assar em forno pré-aquecido a 180° C por 20 minutos ou até ficar dourado. Desenforme e enquanto está quente espalhe a cobertura.
Print Friendly

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Sobremesa das Arábias

 ! Manjar de Miski. Ingredientes 1 litro de leite 1 lata de leite condensado 4 colheres (sopa) rasas de amido de milho 1/2 colher (café) de miski triturado (encontrado em empórios de produtos árabes) Para finalizar: coco ralado fresco e cerejas ou damasco picado em calda grossa e 200 g de pistache picado Modo de preparo 1. Leve ao fogo o leite, o leite condensado e o amido de milho (o amido de milho deve ser diluído com um pouco de leite frio). Não pare de mexer, para não formar grumos, até que a mistura engrosse e cozinhe bem. 2. Desligue o fogo e só então coloque o miski. 3. Se for servir em porções individuais, coloque o manjar em taças, deixe esfriar e leve à geladeira. 4. Quando for servir, polvilhe o coco fresco na superfície e decore com uma cereja no centro ou coloque os damascos com um pouco de calda, salpicando o pistache picado.

sábado, 21 de julho de 2012

1/2 xícara (chá) de óleo; 1 xícara (chá) de leite desnatado; 4 xícaras (chá) de polvilho azedo peneirado (500g); 1 ovo; 1 1/2 colher (chá) de sal. Preparação: etapa 1 Aqueça o óleo e 1/2 xícara (chá) de leite desnatado Em seguida, despeje a mistura sobre o polvilho, mexendo bem etapa Acrescente o ovo, o sal e o leite restante até que fique uma massa cremosa, mas firme Coloque a massa em um saco plástico próprio para alimentos e corte a ponta dele com uma tesoura. Utilize o furo para produzir bastões finos de massa Eles devem ser acomodados em uma assadeira antiaderente, um ao lado do outro, e levados ao forno médio baixo (150ºC), pré-aquecido, por cerca de 30 minutos ou até ficarem bem firmes Espere esfriarem e guarde-os em latas fechadas.

segunda-feira, 9 de julho de 2012

Bolo Prestígio...By:Marya Gheralda

Ingredientes: Pão de ló: 200 ml de água 300 gramas de açúcar 6 ovos 300 gramas de farinha de trigo (peneirada duas vezes) 60 gramas de chocolate em pó (não use achocolatado) 1 colher (sopa) de fermento em pó 3 colheres (sopa) de óleo Recheio: 1 pacote de coco ralado (tipo granulado) 1 lata de leite condensado 1 colher (sopa) de margarina 1 caixinha de chantili Brigadeiro (para cobrir) 1 lata de leite condensado 3 colheres de chocolate em pó 2 colheres de margarina Preparação: etapa 1 Pão de ló Misture todos os ingredientes secos (com exceção do açúcar). Na batedeira coloque os ovos, a água e o açúcar e bata de cinco há dez minutos, aumentado aos poucos a rotação (o importante é ter dobrado de volume e estar com uma aparência cremosa). Agora, bem aos poucos vá adicionando os ingredientes secos e misturando com um fuet, ou colher de metal. Leve para assar em forma untada e forno pré-aquecido, por cerca de meia hora. etapa 2 Recheio: Misture os três primeiros ingredientes e leve ao fogo, até engrossar. Quando esfriar bata o chantili no liquidificador, e junte tudo. etapa 3 Brigadeiro: Leve ao fogo até engrossar. etapa 4 Montagem: Desenforme o bolo, corte-o ao meio, e molhe com uma mistura de leite e açúcar. Coloque o recheio, a outra camada de bolo, cubra com brigadeiro. Para finalizar coloque granulado e coco ralado.

CREME DE FRANGO COM MILHO VERDE




Agarra Marido


Ingredientes:

02 Latas de milho verde
500ml de leite
01 Colher de sopa de amido
02 Colheres de manteiga
Frango desfiado
Passas
01 Lata de Ervilhas
Creme de Leite
01 cenoura ralada
100g de queijo mussarela
Sal e pimenta a gosto
Preparação:

etapa 1
No liquidificador coloque o milho verde com a água da conserva, o leite e o amido
Bata tudo muito bem, passe numa peneira e leve ao fogo até formar um creme

etapa 2
Adicione a manteiga e tempere com sal e pimenta

etapa 3
Misture o frango desfiado com as ervilhas, as passas e a cenoura ralada

etapa 4
Acrescente o creme de leite.

etapa 5
Monte o Prato
Coloque uma camada de frango e outra de creme
Finalize com creme, cubra com queijo e leve ao forno até gratinar o queijo.

sexta-feira, 29 de junho de 2012

Bem recheada, suculenta e simplesmente perfeita. Anote aí, Lasanha de cogumelos e queijo brie

Ingredientes:

130 g de massa branca para lasanha cozida "al dente" 
200 g de ragu de cogumelos (*)
65 g de queijo brie
50 g de tomate concassé (tomate picado em cubinhos, sem pele e sem sementes)
50 g de tomate-cereja marinado (corte os tomates-cereja ao meio e tempere com azeite, vinagre, salsinha, manjericão, orégano, sal e uma pitada de açúcar)
100 g de molho béchamel
20 g de parmesão ralado

(*)Para o ragu de cogumelos:

50 g de cogumelo shitake fresco
50 g de cogumelo pleurotes branco fresco
50 g champignons de Paris
50 g de shimeji branco
30 g de alho
50 g de manteiga sem sal
100 ml de creme de leite
tomilho a gosto
sal e pimenta-do-reino

Modo de Preparo:

O ragu de cogumelos:

1. Corte todos os cogumelos em tiras.
2. Doure o alho na manteiga, acrescente os cogumelos (a panela deve estar bem quente para que os cogumelos não soltem água), o tomilho e refogue-os até ficarem cozidos.
3. Acrescente o creme de leite e deixe secar um pouco.
4. Tempere com sal e pimenta-do-reino.

Montagem e finalização:

1. Unte uma tigela oval, para porção individual, com um pouco de béchamel e tomate concassé.
2. Adicione a massa da lasanha e vá montando camadas intercalando o béchamel, o ragu de cogumelos, tomate concassé e pedacinhos do queijo brie.
3. Finalize com a massa, béchamel, parmesão e os tomates-cereja marinados.
4. Leve ao forno para aquecer e gratinar. Sirva em seguida.

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Incremente o seu arraial com o Cupcake de Pamonha. Anote aí

Ingredientes

Para a massa:

90 g de açúcar (3/4 de xícara de chá)
110 g de manteiga (1/2 xicara de chá)
1 ovo
40 g de leite (4 colheres de sopa cheias)
120 g de farinha de trigo (1 xícara de chá)
2 g de fermento em pó (1 colher de café)
50 g de purê de milho (*) (3 colheres de sopa)

Para a cobertura:

420 g de leite condensado (1 xicara e meia de chá)
180 g de purê de milho (*) (10 colheres de sopa)
25 g de açúcar cristal verde (2 colheres de sobremesa)

(*) Para o purê de milho:

1 e 1/2 latas de milho em conserva
Modo de preparo

O purê de milho:

Bata os grão de milho com o próprio suco, até ganhar a consistência de um purê. Reserve.

A massa:

1. Coloque a manteiga em uma batedeira com o batedor globo, ajustada na velocidade 3. Bata até amolecer a manteiga, acrescente o açúcar e bata até virar um creme claro.
2. Acrescente o ovo e bata até quase dobrar de volume.
3. Passe para a segunda velocidade e adicione o leite. Bata mais um minuto e adicione a farinha de trigo junto com o fermento.
4. Fora da batedeira misture o purê de milho.
5. Coloque a massa em oito forminhas grandes de papel e leve para assar no forno a 170°C por mais ou menos 30 minutos.

A cobertura:

1. Misture o leite condensado com o purê de milho.
2. Coloque a mistura em uma panela e leve para o fogo. Cozinhe em fogo médio mexendo sem parar até que a massa comece a desgrudar do fundo da panela.
3. Retire do fogo e deixe esfriar. Coloque em uma manga de confeiteiro e decore seu cupcake já frio.

Fonte: Receita Benjamin Abrahão 

Dicas quase tudo Dr Shirley'de Campos

Dicas quase tudo Dr Shirley'de Campos
http://www.drashirleydecampos.com.br/

MEU TRABALHO

alimentacão
artesanato
casa de recuperação

Que cada pessoa que passar por aqui seja cheio de ricas e abundantes bençãos que só Jesus Cristo tem para nos dar.
GOSTO DE ALIMENTAR AS PESSOAS, MAS O VERDADEIRO ALIMENTO É AQUELE,QUE DO ALTO,O VERDADEIRO BANQUETE CELESTIAL. ]

MEUS BLOGS

Seguidores

blogs

  • Barriga Cheia
  • Bau da Conceição
  • Elviras bristrou
  • Elviras bristrou
  • anjos na cosinha